LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

Entrevista com Leticia Cavalante





A jovem atriz Leticia Cavalante começou sua vida artística nas aulas de ballet e vem de aperfeiçoando desde então. Seu próximo trabalho será o musical "Heathers" e ela conversou com a gente sobre a expectativa para a estreia e como a pandemia afetou o processo de ensaios, confira:


Como surgiu o seu interesse pela arte e pelo teatro musical?

Bom, teve um período da minha vida em que eu morei na Bahia e lá as crianças da minha idade tinham o costume de praticar esportes e atividades extracurriculares após a escola, então pedi pra minha mãe procurar uma escola de ballet, por influência das minhas colegas, e foi ali que eu me descobri, com sete aninhos e não parei nunca mais.


Você está no elenco da nova temporada de "Heathers", um musical que retrata diversos problemas e desafios de adolescentes durante o período escolar, abordando temas polêmicos e importantes. Como é para você fazer parte dessa história?

Fazer parte de Heathers é uma honra e uma oportunidade incrível! Como vimos, o musical aborda assuntos atuais e importantes para a nossa sociedade, como bullying, alguns distúrbios, entre outros problemas que podemos encontrar com muita facilidade na fase da adolescência, ainda presente nos dias de hoje! Então acredito, que é importante mostrarmos isso para o público para ensinar mensagens e lições da vida, com esperança em dias melhores!


Por conta da pandemia, além dos ensaios presenciais, você também teve ensaios online. Para você, qual foi a parte mais desafiadora de tudo isso?

Na verdade, ainda é um desafio bem grande! O teatro, trabalha muito com a troca e com o contato fisico, o que já estava sendo prejudicado por conta do distanciamento, mas até então, estávamos sabendo lidar. Agora, tudo por telas, está muito mais difícil. Quando vamos ensaiar coreografias, o delay atrapalha um pouco, no canto não conseguimos ensaiar harmonias, entre outras situações, mas o que importa é que, acima de tudo, nós não paramos e não desistimos! Continuamos com estudos, workshops e muito apoio da nossa direção e colegas, para termos forças pro dia do show! Estudamos as modalidades separadas e quando voltarmos ao teatro, vamos juntar tudo!


Como está a sua expectativa para o momento em que finalmente estará no palco? Esse é o seu primeiro musical?

A expectativa é a melhor possível! Muito ansiosa pra voltar ao palco e poder descarregar as emoções por cima dessa história. Heathers em si é o meu primeiro musical, mas essa está sendo minha segunda temporada como ensemble.


Enquanto a estreia não chega, como você está lidando com o isolamento social?

Sinceramente, está um pouco difícil, dias bons em que mantemos a calma, e outros ruins. As vezes surtamos e enlouquecemos com a situação atual do nosso país, infelizmente as mortes só aumentam, o que faz o fim disso ficar cada vez mais distante. Acredito que todos estamos cansados, os dias são repetitivos, o que é pior ainda, mas por enquanto a única coisa que podemos fazer é nos cuidarmos em casa, e mantermos a esperança!


Você tem algum papel dos sonhos entre os personagens do musical?

Com toda a certeza! O meu personagem favorito é o JD, mas algum que eu possa fazer e tenho muita vontade, é a Heather Chandler e a Verônica Sawyer.


Que dica você daria para os jovens que desejam ingressar na carreira artística, assim como você?

Começar! É um meio bastante complicado e concorrido, temos que estar sempre preparados e prontos para alguma oportunidade! Com estudo, técnicas e muito conhecimento em dia! É preciso também, muito investimento, o que em alguns casos é difícil. Então comece utilizando o nosso maior recurso de atualmente, a internet! Também já utilizei e ainda utilizo para aprender muitas coisas que sei hoje! Vídeo aulas, blogs, sites de aprendizados, aulas de dança no youtube, sempre tem algum jeitinho. Comece! Que seja do zero, mas comece, um dia você vai olhar pra trás e agradecer por ter começado! Infelizmente muitos também não tem acesso à tudo isso, espero que o teatro musical seja acessível à todos logo.