LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

Entrevista com Arthur Ruz


As novidades na carreira de Arthur Ruz não param, além de dar vida a Jason Cross na montagem acadêmica de “High School Musical” do Ballet Paula Castro em novembro, o ator acaba de estrear no elenco de “A Megera Domada - O Musical” com direção de Fernanda Chamma.


Arthur Ruz é ator, cantor e músico. Já cursou a Casa Agnaldo Silva e realizou workshops na Agência Five, atualmente estuda Teatro Musical no Estúdio Broadway. Estudou bateria na School of Rock de São Caetano do Sul. Atuou nas peças “A Menina do Vestido Azul” e “Saltimbancos” com direção de Glaura Lacerda, recentemente esteve no espetáculo “Christmas Show” e deu vida ao icônico Bruce em “Matilda in Concert”, ambos com direção geral de Fernanda Chamma. Na TV esteve em ‘As Fives’, série da Globoplay com direção de Rafael Miranda. Atualmente está em cartaz como o bonitão Nicolas em “A Megera Domada – O Musical” e se preparando para dar vida a Jason Cross em “High School Musical” do Ballet Paula Castro.


O Backstage Musical bateu um papo com o ator para saber sobre esses dois personagens, as mudanças e adaptações da pandemia e sobre a sua carreira. Confira:


Arthur você está em dois espetáculos musicais em escolas diferentes, porém, durante os ensaios, no começo do ano, entramos novamente em fase vermelha e tudo voltou a ser online, como foram os ensaios online? Eu achei que foram legais e interativos, só que não se comparam aos presenciais, sem dúvidas prefiro estar no palco.


Você ainda é novo e está iniciando no mercado do Teatro Musical, como você faz para conciliar dois personagens diferentes? Eu sempre tenho experiências diferentes nos musicais, então eu apenas faço o que sei fazer de melhor interpreto, me conectando com o espaço e o personagem.


Qual dos dois personagens é mais desafiador e qual tem um pouco de Arthur? Eu acho que o Jason é mais desafiador, mas também tem um pouco de Arthur, ele é um menino mais espontâneo com uma personalidade já certa, essa que preciso estudar.


Como você imagina que seria um encontro entre seus dois personagens? Seria uma loucura com várias canções. (Risos)


O que te motiva a seguir com o teatro em tempos tão incertos? Minha paixão! Eu acho lindo de ver o brilho no olhar de quem assiste, essa e minha motivação!


Qual a sua expectativa para as temporadas? Espero que estejam lotadas e que sejamos muito aplaudidos!