top of page
LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

“A Vida não é um Musical – O Musical” encerra temporada no Rio de Janeiro




Comédia, drama e musicalidade brasileira se misturam no palco tecendo uma crítica satírica às eleições 2022 com um formato controverso aos musicais da Disney


“A vida não é um musical” satiriza os contos de fadas da Disney e em paralelo o atual cenário político das eleições para o Governo do Estado. A obra, que faz um recorte crítico e bem-humorado acerca deste contexto das disputas eleitorais, reestreou em setembro, no teatro XP Investimentos para curta temporada.


Com texto e trilha originais e história inédita, retrata um universo particular, mesclando a receita americana dos musicais e um mix da música brasileira contemporânea. O ponto de partida é uma cidade fictícia, inspirada no Rio de Janeiro, imperfeito, cru e violento. A peça apresenta ao espectador uma comédia musical, onde drama, o riso e música andam de mãos dadas. Embora haja aqui toda essa efervescência de montagens musicais, é muito menos comum vermos obras originais de comédias musicais no Brasil.


O texto fala de um mundo utópico, construído separadamente da cidade grande: o Vale Disney. Lá, nesse pequeno vilarejo, as famílias vivem felizes e em harmonia, longe da violência. Plantam o que comem, não tem contato com o mundo externo, se amam, cantam o tempo todo, como nos desenhos da Disney. Detalhe, são extremamente afinados e precisos quando dançam. No entanto, quando uma das personagens entra em contato com a cidade grande começam os choques de realidade. São lançadas, então, críticas em formas de piadas, que foram atualizadas para o contexto político atual, com os personagens deste segmento que estão em alta nas mídias e jornais.

A Vida Não É Um Musical foi lançada em 2018 com a proposta de antagonizar os formatos tradicionais que priorizaram a biografia de artistas e sucessos da Broadway, que tem um público cada vez mais cativo e acostumado a assistir às variedades de espetáculos do gênero. "Depois de quatro anos, a gente está reestreando esse musical totalmente autoral e brasileiro. Muita coisa aconteceu no país nesse período. Retomei o texto atualizando a sátira política, então alguns assuntos como os escândalos do governo, harmonização facial, fake news decidindo eleições, os negacionistas na pandemia e os tios do zap estarão presentes em piadas e números musicais. Em relação a trama, infelizmente pouca coisa mudou na realidade brasileira e a história está incrivelmente mais atual. Inclusive há uma eleição para governador na trama e vamos estrear a temporada no auge das eleições”, destaca o autor e diretor, Leandro Muniz.


FICHA TÉCNICA

AUTOR: Leandro Muniz

DIREÇÃO: João Fonseca e Leandro Muniz

MUSICAS ORIGINAIS: Fabiano Krieger

DIREÇÃO MUSICAL Fabiano Krieger e Gustavo Salgado

DIREÇÃO DE MOVIMENTO E COREOGRAFIAS: Carol Pires

FIGURINO: Carol Lobato

CENÁRIO: Nello Marrese

ILUMINAÇÃO: Paulo Denizot

DESIGN DE SOM: Rossini Maltoni

DESIGN GRAFICO: Pablito Kucarz

FOTOS: Carol Pires

VISAGISMO: Diego Nardes

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Alessandra Costa

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Renan Fidalgo - RG Cultural

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Gabrielle Novello - RG Cultural

REALIZAÇÃO: Quase Companhia

IDEALIZAÇÃO: Leandro Muniz

PRODUÇÃO: RG Cultural

ELENCO: Daniela Fontan, Draysson Menezes, Ester Dias, Fernanda Gabriela, Flora Menezes, Janamô, Ingrid Gaigher, Lucas da Purificação, Nando Brandão, Victor Maia, Vinicius Teixeira, Tauã Delmiro e Udylê Procópio.


SERVIÇO

Espetáculo: A Vida não é um musical – O musical

Duração: 1h45m

Gênero: Comédia Musical

Classificação: 16 anos

Local: Teatro XP Investimentos – Lotação: 366 lugares

Apresentações até 24/09/22

Horários: sextas e sábados, às 20h; domingos, às 19h

Ingressos: R$ 80,00 (inteira) | R$ 40,00 (meia-entrada)

Kommentare


bottom of page