Entrevista com Billy Bond

26/2/2020

O diretor Billy Bond é um italiano radicado no Brasil que há quinze anos produz peças musicais infantis que encantam crianças e adultos com um arsenal poderoso de efeitos especiais que incluem cheiros, sensações e pirotecnia. A partir de março, os espetáculos "A Bela e a Fera" e "Um dia na Broadway" (este promete agradar ainda mais os mais velhos!) voltam em cartaz no Teatro Bradesco.   

 

Billy, você já fez inúmeras peças infantis que fazem o maior sucesso, qual o segredo

para sempre se renovar e estar sempre em cartaz com grandes espetáculos?

O segredo é estar sempre atento às mudanças. Sejam nacionais ou Internacionais. A Renovação é muito importante. Em tudo!

 

Como você veio parar na produção de espetáculos infantis? Tem uma fórmula para o

sucesso?

Não existe uma fórmula. O teatro é imprevisível, o público muda como uma

onda. A intuição e anos de profissão te dão uma certa bagagem, mas não é garantido.

 

“A Bela e a Fera” e “O Mágico de Oz” são clássicos já bastante conhecidos, tem algo

de diferente que podemos esperar destes espetáculos?

A diferença é a forma que renovamos cada um deles, utilizando diversas tecnologias disponíveis para aperfeiçoar o espetáculo, tendo cuidado a cada nova montagem sem deixar de lembrar a essência da mensagem do autor original.

 

 

Um Dia na Broadway é um espetáculo para fãs de teatro musical? Qual o grande diferencial

deste espetáculo?

Sim. É uma homenagem aos grandes musicais americanos, sintetizado em 10 (dez) dos melhores. São todos cantados em seu idioma e arranjos originais, cantados ao vivo, com réplica perfeita de 250 figurinos, 6 atores 14 bailarinos/as, uma orquestra, 10 cenários diferentes (um pra cada musical), são 180 metros de led com imagens 3D.

Tudo isso nos levará a uma história muito engraçada de uma família que viaja a Nova Iorque de férias.

 

Poderíamos afirmar que os seus espetáculos muitas vezes oferecem uma experiência

quase “3D” onde as pessoas podem até sentir cheiro, de onde vem essas ideias de imersão?

Sim, usamos efeitos especiais em todos os espetáculos que sempre se combinam ou justificam ao momento teatral ou cênico .

 

O que um ator precisa ter para fazer parte de um elenco de Billy Bond?

O principal atributo é ter talento, mas mais do que isso é essencial ter bom caráter profissional, já que isto vale mais que apenas o talento.

 

Qual o maior diferencial dos seus musicais e porque todos precisam assistir?

O maior diferencial é o todo o cuidado que temos em nossas produções, sempre buscando a perfeição em tudo que estamos trabalhando.

 

UM DIA NA BROADWAY

Com números aéreos, levitação, efeitos especiais e um palco giratório para dar movimento às cenas, com temporada de 06 à 15 de março.

Teatro Bradesco - São Paulo 

Ingressos clicando AQUI

 

 

A BELA E A FERA 

O espetáculo inclui levitação, efeito 4D inovador no palco,  o público ainda sente o cheiro das rosas, da chuva, o vento, a neve e muitas outras sensações que fazem parte da história. 

Estreia dia 07 de março

Teatro Bradesco - São Paulo
Ingressos clicando AQUI

 

Please reload