LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

Entrevista com Ana Luiza Leal


A jovem atriz Ana Luiza Leal, natural da cidade de Paulínia, interior de São Paulo, está atualmente no elenco do espetáculo "Bullying, o Musical". O enredo conta a história de Luísa e seus amigos, estudantes do Colégio Epaminondas, que tentam sobreviver ao último ano do Ensino Médio. Embalada por diversas referências aos musicais da Broadway, o espetáculo é feito por jovens e para jovens. Assuntos polêmicos como suicídio, sexualidade e cyberbullying são abordados na trama, mostrando a importância da discussão. Conversamos com ela para saber um pouco sobre a responsabilidade de contar uma história tão importante, confiram:​


BM: Como você se interessou por teatro musical e há quanto tempo começou a estudar? AL: Eu sempre gostei de filmes musicais, então quis começar a fazer aulas de dança. Comecei pelo ballet aos 4 anos, com 9 anos comecei a fazer aulas de canto, sapateado, e teatro.


BM: Como está sendo para você fazer parte do espetáculo Bullying o musical? AL: Pelo musical se tratar de bullying é um grande desafio e uma grande emoção transmitir essa mensagem que todos os jovens e até mesmo país precisam ouvir e entender. O bullying na verdade vem carregado de sérios problemas, ele pode causar até mesmo depressão. Estar nesse elenco me fortaleceu muito como pessoa e também como atriz, acho que o bullying trouxe pra mim uma maturidade que antes eu não tinha. Eu percebi o real significado de empatia.


BM: Para você, qual a importância de falar sobre esse assunto, no atual momento em que vivemos? AL: O assunto bullying sempre esteve presente, ele é o preconceito, é o racismo, a opressão, a homofobia, tudo! É muito importante falarmos sobre isso pra ajudar aquelas pessoas que sofrem com isso, e pra mostrar para aqueles que praticam o bullying o quão serio isso pode ser. Queremos colocar em primeiro lugar a empatia. O momento em que vivemos é sim um momento de aceitação, então vamos respeitar!


BM: Sendo adolescente, você se identificou com os assuntos e situações presentes na peça? AL: Sim, eu já tentei me encaixar em certos “grupinhos” que eu simplesmente não me encaixava, mas não mudei meu jeito de ser, não mudei a pessoa que eu sou, eu procurei e sou amiga de quem me aceita assim.


BM: Como foi o processo de montagem do musical? AL: Foi um processo muito gostoso, o bullying trouxe pessoas maravilhosas na minha vida, a família bullying vai estar sempre no meu coração hahaha.


BM: Você tem alguma grande inspiração para sua carreira? AL: Meus pais são as pessoas que mais me inspiram, por se dedicarem e me ajudarem em tudo que eu preciso.


BM: Por que as pessoas devem assistir Bullying o Musical? AL: Porque é um tema muuuito importante a se tratar e é um musical muito divertido, emocionante e impactante. Muitas pessoas vão se identificar.


SERVIÇO

Bullying, o Musical Temporada até 26 de Maio Sábados, às 18h e Domingos, às 15h.

Teatro Shopping West Plaza - Sala Laura Cardoso (140 lugares) Av. Francisco Matarazzo, s/n - Bloco B - Praca de alimentação - Água Branca Horário da Bilheteriade terça a sexta, das 13h às 22h; sábados e domingos, das 12h às 22h. Venda Online: Sampa Ingressos

Backstage Musical © 2017 - Todos os direitos reservados.