LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

Entrevista com Bruna Guerin


Foto: Ale Catan

Bruna Guerin, uma das grandes atrizes do teatro musical brasileiro, já carrega em sua carreira montagens renomadas como "Hair", "O Mágico de Oz", "Cantando na Chuva" e, atualmente, vive a personagem Natasha, em "Natasha, Pierre e o Grande Comenta de 1812". A atriz está em cartaz de quinta a domingo no 033 Rooftop, na cobertura do Teatro Santander, e conversou com a gente sobre sua carreira, confiram:

Você já possui grandes montagens de espetáculos em seu currículo. Como e quando você começou a fazer parte do mundo dos musicais?

Eu estava no primeiro semestre da Oficina de Atores Nilton Travesso quando fiquei sabendo que a produção do espetáculo "Romeu e Julieta - um musical brasileiro" precisava de uma stand in para a 'Julieta'. Para o plot, a atriz precisava fazer ballet clássico, porque tinha que dançar nas pontas. Além de cantar, claro. Eu fazia ballet desde os 5 anos de idade e acabei entrando para o elenco. Alí eu percebi que esse mundo dos musicais dava espaço para quem tinha essas 2 habilidades, quase tão importantes quanto a interpretação. O canto e a dança.


Esse ano, você foi indicada ao Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Atriz, por sua atuação como Kathy Selden em "Cantando na Chuva". Como foi para você viver uma personagem tão icônica do cinema?

Assustador, maravilhoso e tudo ao mesmo tempo. Acho que o musical como um todo é icônico. E eu estava muito bem acompanhada, dividindo esse desafio e presente! Claudia, Jarbas, Reiner e todos os envolvidos do 'Cantando' foram meu porto seguro e minha inspiração.

Foram muitos desafios no "Cantando na Chuva". O sapateado é o grande protagonista desse musical e a 'Kathy' faz parte dos números que isso se revela. O grande desafio foi manifestar esse protagonismo que o sapateado ocupa na peça com naturalidade e o melhor que eu podia fazer. Juntando, é claro, com o papel que a personagem Kathy integra no musical para contar a história acima de qualquer outra coisa.


Foto: Victor Miranda


Você está no elenco da série "Desencontros", é o seu primeiro trabalho na TV?

Já fiz algumas participações em novelas e series. Amei fazer cada segundo de "Desencontros".


Atualmente você vive a personagem Natasha em "Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812", um espetáculo totalmente diferente de tudo que já ficou em cartaz no Brasil e a primeira montagem fora da Broadway. Como está sendo essa experiência?

A peça realmente se distancia do padrão de musical. Eu acho isso maravilhoso! Acho necessário termos musicais que fogem do óbvio. Tanto no tema como na estrutura. Sou apaixonada pela obra e pelo Núcleo. Acredito muito no trabalho do Zé e da Fernanda. Acho que eles tem um talento para escolher peças que dialogam com temas atuais ao mesmo tempo que são completamente ímpares! Pra mim, não tem receita melhor para a felicidade de um artista do que fazer parte de algo assim.


Você considera a Natasha como o papel mais desafiador da sua carreira, até agora? Como foi o processo de ensaios?

Sempre a peça que estou fazendo no presente é a mais desafiadora e mais intensa. Mas realmente foi desafiador. Começando pela própria estrutura da peça, de ela ser toda cantada e emocionalmente intensa! Mas a direção do Zé e Fernanda inspira e só nos faz querer mais.


Você foi muito elogiada por Dave Malloy, no perfil dele no Twitter. Como foi o encontro de vocês, quando ele veio ao Brasil assistir a peça?

Dave Malloy é um doce! Foi de uma generosidade imensurável. Um artista com o talento e genialidade dele não poderia ser diferente. Ver ele se emocionar com o nosso espetáculo foi uma dos momentos mais lindos que já vivi! Guardarei pra sempre no meu coração.


Não deixem de prestigiar essa atriz incrível! "Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812" fica em cartaz até o final de novembro e os ingressos podem ser adquiridos no site da Ingresso Rápido ou na bilheteria do Teatro Santander.


Backstage Musical © 2017 - Todos os direitos reservados.