LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

“João Sem Nome”, primeiro musical de Oswaldo Montenegro, estreia versão on-line



O primeiro musical assinado pelo cantor e compositor Oswaldo Montenegro, “João Sem Nome”, será encenado no mês de junho num formato inédito, pela Oficina dos Menestréis, tendo em seu elenco cadeirantes e deficientes visuais.

Com direção e concepção de Deto Montenegro, “João Sem Nome On Line” terá cinco apresentações, nos dias 19 (sábado, às 21h), 20 (domingo, às 20h), 22 (terça-feira, às 21h), 26 (sábado, às 16h) e 27 de Junho (domingo, às 20h), que poderão ser assistida pelo canal da Oficina dos Menestréis no YouTube.

“João sem nome” foi criado em 1975, durante o auge da ditadura militar e, com trechos proibidos pela censura, inicialmente foi dirigido por Hugo Rodas, coreógrafo e diretor uruguaio, que influenciou muito a estética de Oswaldo Montenegro nos musicais.

Trata-se de uma peça de temática nordestina, que fala da ânsia de querer ir embora e da ilusão que existe nisso, como retratado no poema “Metade” que, por exemplo, mostra a ilusão criada pela mídia, de que nas grandes cidades todos irão se dar bem.

Foi por meio de “João sem Nome”, que chegou ao Rio de Janeiro em 1976 e já contava com Madalena Salles, José Alexandre, Mongol e outros, que o grupo foi batizado formalmente pelo crítico do Jornal do Brasil, Yan Mishalsky, de “Os Novos Menestréis”.


“Decidi remontar ‘João sem Nome’ enquanto procurava um novo texto para encenar na Oficina dos Menestréis. Então reencontrei esta peça, mais antiga, de Oswaldo Montenegro e Mongol e o que mais me empolgou, primeiramente, foram as músicas. Em seguida, os textos, que são muito bonitos, pois falam da ideia do personagem João, de querer tentar a vida na cidade grande. O espetáculo apresenta algumas dúvidas com que o espectador se identifica, pois não trata-se apenas de ir embora de algum local específico, mas também de deixar alguma situação ou companhia que não se quer mais ter”, afirma o diretor Deto Montenegro.

Sobre os obstáculos enfrentados no processo de montagem de um espetáculo musical de maneira on-line – com cada integrante do elenco num local diferente por conta do isolamento social imposto pela pandemia – o diretor Deto Montenegro ressalta que “a maior dificuldade foi superar a perda do coletivo, do coro, da música com todos cantando juntos, característica sempre muito marcante em nossos musicais”.

Porém, este novo formato trouxe algumas particularidades que não seriam possíveis nas montagens tradicionais. “A decisão de se montar o espetáculo de maneira on-line fez com que ganhássemos muito pela beleza. Tivemos uma inesperada renovação, já que cada integrante do elenco tem o seu próprio cenário, sua própria luz, seu próprio ângulo, sua própria fotografia, seu próprio enquadramento”, completa o diretor.

Importante ressaltar que alguns trechos da versão on-line contarão com cenas gravadas da primeira temporada do espetáculo, em 2019, cm público, no Teatro União Cultural.


FICHA TÉCNICA – JOÃO SEM NOME

Textos: Oswaldo Montenegro

Músicas: Oswaldo Montenegro e Mongol

Direção e concepção: Deto Montenegro

Elenco: Alessandra Bonfim, Aline Leony, Lala Cotrim*, Andre George*, Andrey Coutinho, Edmur Cotrim*, Fábio Baptista, Katya Hemelrijk*, Matheus Montenegro, Matheus Perkmann, Nathalie Mori Taylor Zampieri, Paula Ferrari*, Rodolfo Ferrim* e Selma Rodeguero*.

Participação especial: Tchello Palma e Yan Montenegro.

Assistência de direção: Matheus Perkmann

Direção musical: Fábio Baptista

Assistentes de coreografia: Aline Leony e Paula Ferrari

Diretor de palco: Damião Santana

Desenho e operador de luz: Deto Montenegro

Operador de som: Leonardo Mello

Intérprete de libras: Marisa Peres

Audiodescrição: Ver com Palavras

Direção de produção: Evelyn Klein

Produção executiva: Letícia Reis e Rony Killinger

Assistência de produção: Vivian Oliveira

Designer: Denis Gomes

Foto e vídeo: Trópico Filmes

Realização: Oficina dos Menestréis

* atores com PcD’s.

SERVIÇO

JOÃO SEM NOME

Dias: 19 (sábado, às 21h), 20 (domingo, às 20h), 22 (terça-feira, às 21h com intérprete de Libras), 26 (sábado, às 16h) e 27 de Junho (domingo, às 20h, com audiodescrição e intérprete de Libras).

Grátis

Transmissão pelo YouTube da Oficina dos Menestréis.

OFICINA DOS MENESTRÉIS

www.oficinadosmenestreis.com.br

Facebook: facebook.com/oficinadosmenestreis

Instagram: instagram.com/menestreisoficina

YouTube: youtube.com/OficinadosMenestreisOficial