LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

A Barca dos Corações Partidos fará estreia virtual


Com direção de Duda Maia, texto de Braulio Tavares e Eduardo Rios e direção musical de Alfredo Del-Penho e Beto Lemos o espetáculo “JACKSONS DO PANDEIRO” será transmitido ao vivo gratuitamente no youtube e no Canal Bis.

A companhia Barca dos Corações Partidos reconhecida por espetáculos como: “Gonzagão – A Lenda”, “AUÊ”, “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”, “Ópera do Malandro” e “Macunaíma – Uma Rapsódia Musical” homenageia agora Jackson do Pandeiro (1919-1982), conhecido também como “Rei do Ritmo” o cantor, compositor e multi-instrumentista da Paraíba foi responsável por mais de 400 canções repletas de samba, forró, coco, baião e frevo.

Jackson do Pandeiro era natural de Alagoa Grande (PB), José Gomes Filho (1919-1982) iniciou a sua trajetória artística ao acompanhar a mãe em rodas de coco, nos arredores de um engenho. Alfabetizado aos 35 anos, ele migrou para o Rio de Janeiro e estreia em disco (1953) com um compacto que trazia dois sucessos que marcariam a sua carreira: ‘Sebastiana’ e ‘Forró em Limoeiro’. Nos anos que seguiram, participou de filmes, festivais e apresentou composições – a maioria com um toque característico de humor – que entrariam para a história da música popular brasileira. Deixou como legado mais de 140 discos recheados dos mais diversos gêneros, como samba, forró, baião, entre outros.

O espetáculo “Jacksons do Pandeiro” aborda episódios e músicas de Jackson que se relacionam com a vida dos atores em cena, o espetáculo estava programado para estrear nos palcos em abril mas por conta da pandemia a montagem precisou ser adiada e fará sua estreia em uma transmissão ao vivo.

Após promover um festival virtual e produzir clipes durante a quarentena, a Barca dos Corações Partidos retomou os ensaios e planejou uma estreia virtual do novo espetáculo, que tem direção musical de Alfredo Del-Penho e Beto Lemos e idealização de Andréa Alves, da Sarau Agência, produtora da Barca desde a sua criação. No próximo dia 10 de outubro, às 20h, ‘Jacksons do Pandeiro’ será exibido ao vivo e gratuitamente pelo canal da Barca dos Corações Partidos no YouTube e com transmissão simultânea pelo Canal Bis (Globosat). O programa do espetáculo será disponibilizado por um QR-code em que poderá ser baixado.

A produção seguiu com rigidez os protocolos de segurança da OMS (Organização Mundial da Saúde). Todos os envolvidos foram testados e ficaram em quarentena até retomar o início dos trabalhos, quando seguiram isolados.

Os espectadores que quiserem colaborar com a manutenção da companhia poderão adquirir um ingresso solidário através deste link: bileto.sympla.com.br/event/66504

‘Jacksons do Pandeiro’ traz músicas novas, que transformam a obra do homenageado, ao dar novos arranjos, acrescentar letras e introduzir canções criadas no processo. ‘É um ‘pedir licença’ à obra dele, mas sem deixar de homenageá-lo com todo respeito, carinho e admiração’, conta Eduardo Rios, que ressalta a participação ativa da diretora Duda Maia neste trabalho. ‘O texto surgiu depois dos ensaios já estarem seguindo. Duda entende a dramaturgia não somente como palavra falada. A ligação das cenas é feita por palavras, músicas ou por uma coreografia, por algo que não está escrito’, diz.

A diretora revela ainda que dividiu o palco em dois espaços cenográficos, nos quais os atores brincam com seus diferentes níveis e alturas. Como Jackson era fã de filmes de faroeste, ela concebeu a encenação de algumas canções como pequenos curtas-metragens ou clipes animados, apresentados em um local que remete a uma tela de cinema.

O repertório contempla sucessos como ‘Sebastiana’, ‘O Canto da Ema’, ‘Chiclete com Banana’ e ‘Cantiga do Sapo’, além de canções menos conhecidas que revelam mais da alma brasileira e sincopada do artista. ‘Dá para dizer que ele era um Garrincha da música. Às vezes, o texto aparece em forma de música, às vezes como uma poesia ou um poema musicado. Cada vez que ele aparece, ele propõe uma nova brincadeira rítmica - mesmo não tendo uma métrica de poesia - por meio de um jogo de palavras ou outro mecanismo. A nossa ideia é fazer isso para dialogar com as músicas do Jackson, que tinham poesia, brincadeira e alegria’, resume Braulio Tavares.

Jacksons do Pandeiro

Transmissão ao vivo dia 10 de outubro, às 20h pelo canal (YouTube.com/barcadoscoracoespartidos) e pelo Canal Bis (NET – 120/620, SKY – 560 e 160, OI – 131, Vivo – 535).

Direção: Duda Maia Dramaturgia: Braulio Tavares e Eduardo Rios Direção Musical: Alfredo Del-Penho e Beto Lemos Idealização e Direção de Produção: Andréa Alves

Com a Cia. Barca dos Corações Partidos - Adrén Alves, Alfredo Del-Penho, Beto Lemos, Eduardo Rios, Fábio Enriquez, Renato Luciano e Ricca Barros

E os artistas convidados - Everton Coroné, Lucas dos Prazeres e Luiza Loroza

Figurinos: Kika Lopes e Rocio Moure Cenário: André Cortez Iluminação: Renato Machado Design de som: Gabriel D’Angelo Visagista: Uirandê de Holanda Assistente de Direção: Júlia Tizumba, Eduardo Rios e Adrén Alves Assistente de figurino: Masta Ariane Assistente de cenografia e produção de arte: Tuca Benvenutti Coordenação de Produção: Leila Maria Moreno Produção Executiva: Rafael Lydio

Transmissão ao vivo:

Direção: Diego de Godoy Direção de fotografia: Carol Quintanilha e Loiro Cunha

Backstage Musical © 2017 - Todos os direitos reservados.