LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

DisneyPlus - O Novo Streaming Favorito dos Fãs de Musicais.


Todo fã de Musical com certeza já teve contato com as produções Disney. Sejam os filmes de animação que tem atravessado gerações ou até mesmo as montagens de teatro musical que tem ganhado os palcos do mundo inteiro, inclusive aqui no Brasil. O ano de 2020 com certeza ficará marcado como um ano aonde a Disney deu um passo a mais para a difusão dos musicais.

Quando A Tendência Começou

Tudo começou quando em fevereiro desse ano foi anunciado que a Disney iria levar ao cinema o pro-shot (filmagem profissional de uma produção de palco) do fenômeno Hamilton para o cinemas. A notícia repercutiu com grande entusiasmo entre os #Hamilfans e veio para estreitar ainda mais a parceria do compositor Lin Manuel Miranda com a Disney. No entanto, com os adventos da pandemia COVID-19, os planos tiveram de ser adaptados.

Para o verão americano de 2020 (Junho-Ago) era prevista a estreia do filme “In The Heights”, musical de Lin Manuel Miranda com produção da Warner Bros Pictures, sendo assim o evento cinematográfico do compositor porto-riquenho do ano não seria outro senão “Hamilton”, que tinha previsão de estreia nos cinemas em Outubro de 2021, porém o caminho encontrado foi disponibilizar o acesso ao musical pela plataforma de streaming própria Disney+ (DisneyPlus).

A estratégia foi lançar o musical sobre um dos presidentes mais populares da história americana no dia 3 de Julho, exatamente na véspera do maior feriado americano. O sucesso foi imediato! Se “Hamilton” já era conhecido pela sua legião de fãs, a data oportuna para o lançamento fez ainda mais fãs que estavam em suas casas, no feriado, podendo ter uma experiência de teatro. Isso sem falar em pessoas, como eu e você, fãs de Teatro Musical que torcem para momentos como esse: o lançamento de pro-shots das produções que tanto amamos.

O Sucesso Pós Hamilton

Definitivamente, “Hamilton” trouxe resultados impressionantes para o Disney+. Muitas pessoas assistiram ao musical e a Disney ganhou grande estima dos fãs de Teatro musical. Houve um significativo aumento do número de assinantes do streaming que hoje já conta com mais de 60 milhões de inscritos nos Estados Unidos, Áustria, Canadá, Islândia, França, Alemanha, Índia, Reino Unido, Suíça, Austrália, Nova Zelândia, Japão, Itália, Espanha e Porto Rico. Sendo assim o próximo passo é que fossem divulgado os novos projetos nessa área. E cá entre nós, eles são realmente animadores

Sucesso desde quando estreou na Broadway em 2014, Aladdin possivelmente será o próximo lançamento dentro da plataforma de streaming. A produção que esteve em cartaz em 2016 na West End londrina teve sua filmagem profissional realizada antes do encerramento da temporada no ano passado. A intenção é disponibiliza-la ao final desse ano como parte da programação especial de fim de ano do Disney+, afinal nada mais apropriado do que um bom clássico Disney para ser assistido durante o Natal. O plano original era que após a estreia de “Hamilton” nos cinemas, o pro-shot de “Aladdin –Live From The West End” ganharia sua data de lançamento de forma tradicional.

O curioso dessa montagem é que ela será uma espécie de “colcha de retalhos” entre outras produções e diversos elencos. Trevor Dion (Gênio) foi o primeiro nome anunciado no elenco. Para os demais papéis principais, especula-se que o protagonista seja Ainsley Melham, ator australiano que viveu Aladdin nas produções do seu país natal e na Broadway, além de Isabelle MacCalla (Jasmine) que interpretou a princesa na tour americana e na Broadway e, Jonathan Freeman (Jafar), que está no elenco da Broadway desde a estreia do musical em 2014 e também dublou o personagem no filme 1992.

Trailer promocional da montagem de Aladdin em Londres. Que tal para o Natal de 2020?

Outra notícia animadora foi adaptação de Once on This Island como um filme exclusivo para o Disney+, que falamos aqui no Backs ontem. Assim como FOX e NBC produziram “Grease”, “Hairspray”, “The Sound of Music” e “Rocky Horror Picture Show, a Disney irá produzir (em parceria com Marc Platt – "Wicked", "La La Land") uma versão do musical de Lynn Ahrens e Stephen Flaherty, que ganhou o Tony de melhor Revival no ano passado. Não foram revelados ainda detalhes sobre o elenco e datas de lançamento.

Outra novidade musical no catálogo do Disney+ será o reboot de West Side Story. O filme que conta com Ansel Elgort, Rita Moreno, Mike Faist, Ariana DeBoise e Bryan Darcy James e é dirigido por Steven Spielberg com produção da 20th Fox. A data de estreia nos cinemas é para 18 dezembro desse ano, com a confirmação de que eventualmente será disponibilizada para os assinantes.

Um pouco fora dentro do contexto Broadway/West End. No final de julho, a Disney liberou o pro shot do musical Tangled que pode ser visto nos cruzeiros Disney que tem a mesa qualidade de uma produção de um musical da Broadway. A produção tem pouco mais de uma hora e contém as canções do filme e outras três originais (todas compostas por Alan Menken) e pode ser vista no YouTube. Vale também ainda mencionar que também esta disponível no Disney+ um documentário sobre a vida e obra de Howard Ashman, letrista que junto com Alan Menken trabalhou nas musicas dos filmes “A Pequena Sereia”, A Bela e a Fera” e “Aladdin”. A estreia de HOWARD será no dia 7 de Agosto.

O Que Podemos Esperar do Futuro

Sem dúvidas, o futuro parece ser bastante promissor!

Após excursionar pelo universo dos Live-Actions (que ocasionalmente geraram bons musicais), a Disney parece ter se atentado aos fãs de musicais. Até então o único material oficial que tínhamos era o pro-shot de “Newsies”, mas estamos vendo esse cenário mudar aos poucos.

A Disney On Broadway teve todo seu cronograma refeito em virtude da Pandemia. “Frozen” fechou na Broadway mas estreia em Londres no ano que vem, uma nova produção de “A Bela e a Fera” sairá em turnê nos EUA e possivelmente ganhará um revival na Broadway. Outros títulos como “The Jungle Book” e um possível revival de “Aida” foram discutidos e reprogramados para anos após a pandemia. É inevitável pensar que de alguma forma essas novas produções sejam disponibilizadas no Disney+.

Vídeo Promocional da montagem de Frozen previsto para estrear no West End no ano que vem

Com a vinda do live action de “A Pequena Sereia”, temos uma janela de oportunidade para o lançamento da versão tour desse musical. O fenômeno musical “Frozen” é outro forte candidato a chegar ao catálogo, possivelmente após o encerramento da produção da West End. A produção do West End de “Mary Poppins” tem previsão de retorno com reabertura dos teatros e , caso chegue ao streaming, deve ser após o encerramento da temporada e pegando o gancho do lançamento da atração da personagem nos parques de Orlando.

Produções passadas como “Tarzan”, “King David” e “O Corcunda de Notre Dame” podem eventualmente entrar no cronograma, mas não seriam aquelas que veríamos entrando no catálogo rapidamente. Já “O Rei Leão” é bastante improvável que tenha seja disponibilizado mesmo que a médio ou a longo prazo já que é umas das produções ha mais tempo em cartaz na Broadway e com um excelente faturamento, atraindo milhares de turistas por semana.

Mas pelo que temos visto, o céu é o limite para a Disney+, já que ela estreou com um musical de terceiro e a mesma regra segue para sua primeira produção de filme musical exclusiva para a plataforma. Talvez vejamos “In The Heights” ou “Bring it On”, ambos de Lin Manuel Miranda (caso não hajam amarradas contratuais por conta dos direitos) ou ainda “The Lightining Thief – The Percy Jackson Musical” uma vez que a plataforma também está produzindo uma série baseada nos livros de Rick Riordan. Entre os mais diversos títulos e produções de Teatro Musical ao longo dos anos, a lista de possibilidades para a Disney+ produzir ou apenas colocar em seu catálogo é enorme!

DisneyPlus no Brasil

Entre fatos e suposições, temos um futuro promissor e sem dúvidas, são noticias boas. No entanto, para os brasileiros a estreia tão aguardada do streaming pode estar caminhando para um final feliz ao maior estilo Disney.

Lançado no ano passado, o Disney+ estava previsto para chegar no Brasil no segundo semestre de 2020, mesmo com a pandemia, o cronograma foi mantido e a conta do streaming @disneyplusbr foi criada e verificada (Instagram/Twitter) ainda em maio. Porém recentemente, correu a notícia que a estreia do Mickey poderia atrasar um pouco.

Isso porque a Claro contestou junto à ANATEL (Agencia Nacional de Telecomunicações) a entrada do serviço no mercado brasileiro uma vez que contém apenas produções próprias no catálogo, o que vai contra a Lei da TV Paga que determina que todos os prestadores de serviço de streaming e canais de TV pagos tenham uma cota de conteúdo nacional disponível para seus assinantes.

Em reunião recente com os investidores, o CEO da Disney Bob Chepak anunciou que a estreia do Disney+ no Brasil e América Latina está confirmada SIM para novembro desse ano. O diretor não confirmou exatamente sobre esse caso, mas o processo derivado da denúncia parece não ter ido pra frente ou ter sido resolvido.

E você, qual musical você gostaria de ver entrar no catálogo da Disney+, seja versão pro-shot ou filme?

Backstage Musical © 2017 - Todos os direitos reservados.