#QuarEntretendo com Luiz Araújo e Ligia Paula Machado

24/4/2020

 

Em mais um dia vivendo a pandemia o Backstage Musical quer contribuir para que a sua quarentena seja produtiva ou ao menos divertida. E pensando nisso pedimos ajuda para alguns artistas que a gente ama, para darem boas ideias para vocês! 

 

O #QuarEntretendo de hoje vem com ótimas dicas musicais para você aproveitar esse tempo livre para escutar um pouco da poesia de Djavan, e para isso convidamos os atores Luiz Araújo e Ligia Paula Machado, que integram o elenco de ‘Lilás – Um Musical em Tons Reais’ para indicar 5 músicas para vocês.

 

Luiz Araújo - ator, cantor, locutor, apresentador, mestre de cerimônias e coach de ator, formado pela EAD/USP. Na publicidade e internet, tem sido voz e imagem de grandes marcas e produtos. Tem mais de 20 espetáculos teatrais musicais no currículo, como “Dois Filhos de Francisco “, “Hoje é dia de Maria “, “Alegria Alegria”, “Lisbela e o Prisioneiro “, “Zorro”, “O Primo Basílio “, “Rapsódia dos Divinos “, “Grease”, entre outros. Esteve em séries e novelas nas emissoras TV Globo, SBT, Tv Cultura e Canal Brasil. Faz parte prestigiado time de locutores Clube da Voz.

 

Ligia Paula Machado - atriz, cantora, bailarina clássica e diretora da MP Produção Cultural. Iniciou sua carreira em 2005, quando estreou como atriz o Musical “Avoar”, de Vladimir Capella no teatro Imprensa e após o Musical “A Flauta Mágica” com Direção de Roberto Lage. Em 2007 começou a produzir seus próprios espetáculos, nos quais também trabalhava como atriz, dentre eles: “A Noite dos Assassinos”, de José Triana; “Quando as máquinas param”, de Plinio Marcos; “Entre Quatro paredes”, de Jean Paul Sartre. Em 2009, com a abertura da empresa desenvolveu projetos com leis de incentivo dentre eles: “O Primo Basilio Musical”; “Lisbela e o Prisioneiro Musical”; “Blink, Phil Porter”, “Hoje é dia de Maria, Musical”.

Os dois estarão em breve em cartaz em “Lilás – Um Musical em Tons Reais”.  O espetáculo aborda temas primordiais para o coletivo como inclusão de pessoas com mobilidade reduzida, alienação da sociedade, depressão e drogas. Narrando a história da bailarina Liz que trabalha em uma ONG e dedica sua vida a tirar crianças das ruas. Seu namorado, o artista plástico Miguel acredita que sua parceira se expõe demais em seu trabalho, envolvendo-se em situações perigosas. Apaixonados, a vida do casal de artistas transcorre normalmente até que algo inesperado acontece mudando radicalmente este cenário de amor e leveza. Neste novo panorama, Liz e Miguel terão que reconstruir suas vidas. Uma história verdadeira de amor, força e delicadeza que emociona e inspira. Músicas como “Lilás”, “Um amor puro”, “Samurai” e “Oceano” auxiliam no enredo deste romance. Mais informações sobre a estreia serão divulgadas em breve.

 

5 Músicas de Djavan para ouvir nessa quarentena.

 

1 - Samurai
A música nos leva a um estado de plenitude, onde a fé no amor se intensifica e lembra dos perigos da paixão. 
 
2 - Oceano
Um clássico! Não tem como ouvir e não cantar junto. Uma das canções mais lindas do nosso compositor.
 
3 - Água

Canção pouco conhecida, mas de uma beleza ímpar! Fala do transbordar, de algo que saiu do controle de forma subjetiva, com a poesia e melodia (difícil) característica do gênio. 
 
4 - Bailarina
Essa canção é um achado! Letra extremamente elaborada, misturando referências da dança, de estilos decorativos, união de vários movimentos artísticos, com uma melodia rebuscada e linda demais.
 
5 - Seduzir
Só pelo verso “nem que eu bebesse o mar, encheria o que eu tenho de fundo” já valeria toda essa seleção (risos).  Djavan é genial!

 

E aí, gostaram?

Please reload