10 Motivos Para Celebrar 10 Anos de American Idiot

21/4/2020

 

Na última segunda-feira, dia 20 de abril de 2020, o espetáculo ‘American Idiot’, com músicas da banda norte-americana Green Day, completou 10 anos de sua estreia na Broadway. Para celebrar a data, separamos 10 motivos do porque esse espetáculo deve ser relembrado. Confira:

 

10 - As Coreografias
Com uma linguagem mais contemporânea, as coreografias conseguem casar até com as músicas mais pesadas do espetáculo, trazendo beleza no meio de tanta confusão psicológica em que os personagens estão enfrentando.

 

9 - A Narrativa
Como todo bom concept album, ‘American Idiot’ nos leva para uma viagem através do personagem Jesus of Suburbia, ou chamado de Johnny no musical, no qual tenta descobrir o seu lugar nesse mundo na cidade grande, passando por todas as suas incertezas.

 

8 - O Elenco
Recheado de rostos jovens, que faziam ali sua estreia na Broadway, o elenco trazia toda a energia e força que as músicas do Green Day pedem, e representava absurdamente bem a geração marcada por esse álbum.

 

7 - A Visão de Michael Mayer
Além de assinar o texto, Michael Mayer também é responsável pela direção da montagem original do espetáculo, e traz sentido e beleza a toda aquela bagunça no palco, transmitindo com excelência todo o estado mental dos personagens.

 

6 - Mais atual do que nunca
Em 2010, lá pela época que o espetáculo chegou nos palcos da Broadway, a temática do álbum parecia algo meio distante, todo aquele temor e insegurança do 11 de setembro já estava passando, e entrando na era Obama, que trazia um certo otimismo político, diferente do momento em que o álbum foi lançado. Infelizmente, estamos vivenciando atualmente um cenário político mundial marcado pelo autoritarismo, pela pressão, juntamente tudo aquilo que ‘American Idiot’ grita contra.

 

 

5 - Personagens do álbum ganhando vida
Quando escutamos o álbum, muito ouvimos de certos personagens, Jesus of Suburbia, St.Jimmy e Whatsername. Na versão de palco, podemos finalmente ver quem esses personagens são, e nos apaixonar pela jornada de cada um.

 

4 - JGJ, Esper e Stark
Não há palavras para falar desse trio. Mesmo tão novos na época, os três carregaram a responsabilidade de interpretar os protagonistas do espetáculo como ninguém. Especialmente John Gallegher Jr., com sua performance visceral, nos faz sentir cada entranha do personagem apenas com o olhar. Michael Esper nos leva para as profundezas de uma mente desiludida, vendo tudo desmoronar a sua volta, sem conseguir fazer nada.

 

3 - Tom Kitt
Que ‘American Idiot’ é um álbum perfeito em todos os sentindo, não podemos negar. Mas o que a gente não esperava é que, nas mãos de um gênio como Tom Kitt, o casting recording pudesse ficar ainda melhor. Cada harmonia traz uma leveza encantadora para as músicas mais dramáticas, e as mais pesadas não perdem nem um pouco sua força. Um bom exemplo disso é a música que fecha o espetáculo, 'Whatsermane', que consegue emocionar todos, como nunca antes.

 

 

2 - Apresentar o Teatro Musical para um público novo
Não é surpresa para ninguém que esse musical abriu uma porta para diversos fãs do Green Day conhecer um pouco mais sobre Teatro Musical. E isso inclui inclusive o vocalista da banda, Billie Joe, que sempre que tem a oportunidade, reafirma que nunca viu tanta gente talentosa e apaixonada pelo que faz da mesma forma que ele viu na sua breve passagem pela Broadway, quando interpretou St. Jimmy nesse espetáculo.

 

1 - Pelo simples fato de ver um dos maiores álbuns de rock do século 21 ganhando os palcos
Não tem muito mais para falar por aqui, ‘American Idiot’ é um ícone de uma geração, com certeza a maior obra da banda, e sua versão de palco faz jus a todo o seu legado gigantesco.

 

 

Please reload