The Show Must Go On: Entenda as funções de cada ator para o musical não parar

5/8/2018

 

Quem acaba de entrar no mundo do teatro musical pode se deparar com alguns termos novos, não tão óbvios assim. O que é ensemble? E um swing, o que ele faz? Então, caso você ainda tenha alguma dúvida nisso, o Backstage Musical vai te ajudar. Preparamos uma lista, explicando cada um desses termos, para não haver mais dúvidas.

 

Ensemble: O ensemble é aquilo você pode chamar de coro. O termo, vindo do francês, significa literalmente "conjunto", são todos aqueles atores que estão no palco e não necessariamente têm um personagem, estão lá para ajudar nas músicas de coro, nas grandes coreografias.

 

Cover: O cover é um determinado ator, geralmente integrante do ensemble em uma sessão normal, que possui a função de substituir um determinado ator com personagem, caso ele fique doente ou tenha algum compromisso, que não o permita fazer a sessão num determinado dia.

 

Stand-by: Assim como o cover, ele é um ator cuja função é substituir um personagem num caso de necessidade. A diferença é que o stand-by não integra o ensemble, apenas fica no camarim, durante as sessões, esperando caso tenha que substituir o ator titular.

 

Exemplo: Essa é uma função um tanto mais rara, pois a produção paga para um ator, sem saber quando ele irá entrar em cena. Mas um musical que sempre utiliza stand-by é Wicked, para o papel de Elphaba e muitas vezes para Glinda, também. Na montagem brasileira, só tivemos nessa função Talita Real, que substituía a Elphaba.

 

 

 

Alternante: Comum principalmente entre personagens com grande exigência vocal e física. O alternante é aquele que divide o personagem com outro ator, tem sessões regulares toda semana. Talvez não necessariamente o alternante terá o mesmo número de sessões que o outro ator, mas sempre tem sessões fixas, pelo menos uma vez na semana, independente se o outro pode ou não fazer.

 

Exemplo: Um caso comum de alternância é o papel da Christine, em O Fantasma da Ópera. Em qualquer montagem que você buscar pelo mundo, a Christine é sempre interpretada por duas atrizes, sendo uma delas a alternante, que faz normalmente duas sessões por semana. No caso do Brasil, na primeira montagem foi a Kiara Sasso, e na atual, quem assume essa função é Giulia Nadruz.

 

 

 

Swing: Um swing é uma peça chave. A função dele é estar preparado para substituir qualquer membro do ensemble, para o elenco não ficar desfalcado, caso um tenho que faltar, ou entrar como cover de um personagem.

 

Pit Singer: É uma função utilizada em musicais com muitas músicas com coro, que não permitem tantos atores em cena. São atores que ficam nas coxias, ajudando a dar volume em musicas que necessitam de muitas vozes, mas não entrar em cena. Você pode encontrar pit singers em musicais como Mamma Mia e Cats.

Please reload