#Entrevista com Arízio Magalhães

5/4/2018

O Backstage Musical conversou com performance Arizio Magalhães, grande nome do teatro musical brasileiro, com mais de dez musicais no currículo, Arízio se descobriu ator enquanto fazia um intercâmbio pelos Estados Unidos, desde que a sua paixão por fazer arte ascendeu ele nunca mais parou. My Fair Lady, West Side Story, Fame, Alô Dolly, Ghost - O Musical, O Homem de La Mancha e atualmente em cartaz como o Chef Louis no Musical A Pequena Sereia, ele construiu uma grande carreira no teatro e acaba emendando um espetáculo atrás do outro há anos.

 

Backstage Musical: Arízio, você tem um extenso currículo no Teatro Musical, como você se interessou por este universo? Como começou a carreira?

 

Arízio: Foi um processo... inicialmente eu gostava muito de história e literatura no colégio e essas matérias tinham algumas leituras dramatizadas e até pequenas apresentações e eu adorava quando isso acontecia, depois quando eu fiz intercâmbio minha família americana me levou para assistir "Phantom of the Opera" e a experiência foi tão impactante que eu não conseguia parar de pensar e tentar compreender aquele universo; mas foi só depois de um estágio de verão no Califórnia Music Circus (teatro de arena em Sacramento, CA) que eu me envolvi de verdade com produção teatral, pude observar artistas de ponta trabalhando e finalmente entendi que aquela seria minha carreira e a luta começou 😅

Backstage Musical: De todos os musicais que você já fez, qual foi o mais marcante? E qual foi o personagem mais especial entre eles?

 

Arízio: Alô Dolly foi um marco com certeza, eu lembro de descrever cena a cena esse musical enquanto o soundtrack tocava em uma viagem com o Sandro Chaim, que produziu o musical, um ou dois anos depois eu estava no elenco e foi quando eu conheci Miguel Falabella, pude conviver e aprender com Marilia Pera e ainda viajamos muito com o espetáculo, realmente muito marcante. Personagem é muito difícil escolher mas até então eu acho que o Barbeiro foi muito especial só que o Chef Louis tá bem próximo de tomar esse posto hehehe

 

Backstage Musical: Como foi a preparação para viver o Chef Louis? Você já tinha assistido ao desenho? Assistiu de novo? Se baseou em algo deste personagem animado? 

 

Arízio: Eu já tinha assistido o filme inúmeras vezes (eu tenho duas sobrinhas que amam) e achei importante rever o material original. Claro que transpor um desenho animado pro palco onde tudo é real e sem cortes exige muitas adaptações e quando eu recebi o texto eu tive essa certeza, mas o desenho continuou sendo a minha maior referencia. A preparação envolveu estudo de Francês, atividade aeróbia intensa, pesquisa, coaching vocal... tudo o que foi necessário para desmistificar os desafios e tomar propriedade das características que não me pertenciam.

 


Backstage Musical: Qual conselho você daria para quem quer ingressar na carreira de ator? 

 

Arízio: Tenha a consciência que ser ator é educar e transformar nossa sociedade através da arte dramática, é um trabalho focado em beneficiar aos outros e como consequência se beneficiar também.  Além disso, estude muito, ultrapasse seus limites, crie resistência física e emocional e seja feliz!

Backstage Musical: Tem algum musical e personagem que você sonha em fazer?

 

Arízio: Musicais tem sido minha realidade há mais de dez anos, não que eu tenha deixado de sonhar mas eu entendo como o mercado funciona, por isso eu prefiro traçar um plano quando os musicais da temporada são anunciados ao invés de almejar uma única coisa. Mas tem alguns musicais que eu gostaria de ver produzidos aqui no Brasil como Legally Blonde, The Music Man, Secret Garden, Bye Bye Birdie, Damn Yankees, Pirates of Penzance... a lista é longa e tem papel pra todo mundo hahahaha.

 

 

 

 

 

 

Please reload