#TEATRO "O Fantasma da Ópera" de volta ao Brasil em agosto

30/3/2018

                                          Saulo Vasconcelos e Sara Sarres, 2007.

 

Depois de Les Misérables lotar por meses o Teatro Renault, em São Paulo, em 2018 "O Fantasma da Ópera" também terá a sua segunda edição brasileira.

 

O Fantasma da Ópera, de Andrew Lloyd Webber, foi um dos grandes sucessos do Teatro Abril (atual Renault). Orçada em 10 milhões de dólares, a superprodução ficou em cartaz por dois anos, entre abril de 2005 e abril de 2007, e foi aplaudida por mais de 850.000 espectadores na cidade de São Paulo. A montagem que já possuía grandes cenários, lindos figurinos e efeitos de tirar o fôlego, como o lustre de 450 quilos que despencava do alto do teatro para o meio do palco em poucos segundos, a trama melodramática tinha em seu elenco 37 atores.

 

                     Saulo Vasconcelos e Sara Sarres na temporada de "O Fantasma da Ópera" em 2007 

 

O musical é baseado no romance de Gaston Leroux. A trama gira em torno de um personagem misterioso, uma figura em uma máscara: O Fantasma, que vive em seu esconderijo em baixo de uma casa de ópera em Paris, no Século 19, planeja uma forma de se aproximar da vocalista Christine Daae. Ele, usando uma máscara para esconder um defeito congênito, consegue os papéis principais para a estrela, mas ela se apaixona pelo benfeitor das artes, Raoul. Apavorado com a ideia de sua ausência, o Fantasma cria um plano para manter Christine ao seu lado, enquanto Raoul tenta derrubar o esquema. Todos têm medo dele, exceto Christine. Mas por quem ela está apaixonada? O musical “O Fantasma da Ópera” é uma história trágica de um músico talentoso que não pode encontrar seu lugar na sociedade por causa da sua aparência.

 

Assim como na segunda montagem de Les Misérables, o público com certeza pode esperar mudanças incríveis nesta segunda produção de O Fantasma da Ópera. O elenco ainda está em fase de audição e será anunciado em breve.

Please reload