#SÉRIE Referencias de Crazy Ex-Girlfriend: 3 temporada

29/3/2018

 

A série preferida de todo fã de musicais está de volta! A terceira temporada foi adicionada ao catálogo do Netflix nesse ultimo domingo (25), trazendo muitas referências ao nosso mundo do teatro musical, incluindo um episódio especial só com paródias de grandes espetáculos.

 

Para aqueles que ainda não conhecem, Crazy Ex-Girlfriend é uma série norte-americana, produzida e protagonizada por Rachel Bloom, que faz Rebecca Bunch, uma advogada de sucesso que larga sua vida perturbada em Nova York para buscar uma mais tranquila em West Covina, uma pequena cidade da California, onde seu ex-namorado mora.

A terceira temporada vem com uma proposta de trazer uma temática um pouco mais séria, explorando o processo de reabilitação da personagem principal. Sempre com muito cuidado, é focada nas tentativas de recuperação dos transtornos psíquicos de Rebecca, desmistificando muita coisa que em geral é romantizada pela mídia. Mas tudo isso sem perder o humor inigualável que a série sempre traz.

 

Devemos lembrar, também, do incrível time de dublagem da série. Para dublar as versões em português das músicas, estão grandes nomes do teatro musical brasileiro, como Paula Capovilla, Thiago Machado, Cidália Castro, Luciana Milano entre muitos outros. Então, sempre vale a pena deixar o preconceito de lado e assistir, pelo menos as músicas dubladas.

E para comemorar que a série já está disponível na Netflix, o Backstage Musical decidiu listar as principais referências dessa temporada. Veja só:

 

1. Where's Rebecca Bunch

 

A abertura da temporada se passa num pequeno vilarejo, onde camponeses fofocam sobre o que teria acontecido com Rebecca Bunch. Tudo isso bem semelhante à abertura do clássico da Disney, que mais tarde virou musical, A Bela e a Fera.

 

 

 

2. I've Got My Head In The Clouds

 

Ao ouvir os primeiros acordes da música, como não associar logo com Singin' In The Rain? A parte mais irônica ainda é que quem dubla a voz cantada do Josh é Thiago Machado, que foi cover de Don Lockwood na montagem do ano passado de Cantando na Chuva.

 

 

 

3. Strip Away My Conscience

 

Num clima bem burlesco, Rebecca se aproveita da falta de moral de Nathaniel, para pedir a ele ajuda para se vingar de Josh. Crimes, sedução, tudo traz para essa cena o universo do musical Chicago, que foi completo com essa incrível música.

 

 

 

4. The Buzzing in The Bathroom

 

Depois dessa música, Les Mis nunca mais será o mesmo. Rachel Bloom, com toda a sua genialidade, transforma uma das músicas mais tristes do musical, Empty Chais At Empty Tables, em uma cômica cena onde o personagem se lamenta ao descobrir o que sua esposa fazia sozinha no banheiro.

 

 

 

5. After Everything You Made Me Do

 

Essa, além de uma referencia, é ainda a reprise de uma musical lá do final da primeira temporada. Com uma referencia direta a Gypsy, Rebecca desabafa para Josh tudo que fez por amor, em uma cena de tirar o fôlego.

 

 

6. First Penis I Saw

 

Ok, essa talvez não seja diretamente uma referencia a um musical, mas sim à banda ABBA, mas como seus grandes sucessos estão no musical Mamma Mia!, essa música merece estar aqui.

 

 

 

7. This SessionIs Going To Be Different

 

Mais uma daquelas referências que a gente pode captar logo nos primeiros acordes. Dessa vez, a música homenageada é Maybe This Time, um momento de esperança para Sally Bowles. E na série, quem vive esse momento de esperança é a psicóloga de Rebecca, que acredita que finalmente a protagonista vai levar a sério seu tratamento

 

 

 

 

Please reload