Amaluña, Cirque du Soleil chega a São Paulo

6/10/2017

 O Cirque du Soleil desembarca em São Paulo, desta vez com um espetáculo de tirar o fôlego.
Amaluña estreia na capital e traz como tema o empoderamento feminino. A história se passa em uma ilha governada por Deusas e guiada pelos ciclos da lua.  Prospera, uma Xamã com poderes mágicos faz de tudo para o bem-estar de sua filha Miranda, que é romântica, divertida, cheia de sonhos e está prestes a se tornar uma mulher. 

 

 Até que uma tempestade, provocada por Prospera, leva até a ilha um  grupo de homens liderados pelo príncipe Romeo. Prospera (Amanda Zidow) faz com que o caminho do jovem príncipe e sua filha se cruzem pois ambos estão em busca do amor verdadeiro mas ele não imagina o quão difícil será essa jornada. 
Com momentos surpreendentes, para citar alguns: o “Storm” ou “Tempestade” faz com que uma mulher (Haley Viloria) seja içada e “voe” por todo o cirque em movimentos surpreendentes, o “Water Bowl” quando Miranda (Anudari Ganbat) faz contorcionismo e equilibrismo em maio a mergulhos no bowl de água e o “Balance Goddeess” (por Lara Jacobs) fez com que todos na tenda ficassem em silêncio absoluto neste número de equilibrismo e tensão.

 

 Já os números em grupo, fazem com que você não saiba pra onde ou quem olhar, como o número das Amazonas “Uneven Bars”, “Teeterboard” ou “Os Náufragos de Castaways” e “Banquine” que representa uma celebração onde todos decolam em manobra áereas. 

 

 A banda é formada apenas mulheres cheias de atitude e muito rock and roll: 
Líder da banda: Rachael Wood
Guitarras: Rose-Ana Laguana
Bateria: Didi Negron
Percussão: Mireille Marchal
Baixo: Casandra Faulconer


Quanto ao impecável elenco, dois precisam ser citados aqui, a brasileira Gabriela Argento que representa a clown “Maïnha” a babá de Miranda e protagoniza os momentos mais engraçados do espetáculo. E o brasileiro Gabriel Christo que é um dos náufragos e faz o incrível número do “Teeterboard”. 

 

 

 Está em São Paulo? Não deixe de ir conferir esse espetáculo incrível e surpreendente como só o Cirque du Soleil sabe ser. 

 Serviço: 
Parque Villa-Lobos (entrada pela Av. Queiroz Filho, 1315, São Paulo, SP)
Terça a sexta-feira, às 21h; (sessões às 17h30 em algumas datas durante a semana);
sábados, às 17h30 e 21h;
domingos, às 16h e 19h30.


INGRESSOS: De R$ 125 (meia setor 3) a R$ 450 (inteira setor premium)
Ingressos na bilheteria sem taxa de serviço ou pelo site TUDUS
Duração do espetáculo: 130 minutos (incluindo intervalo de 20 minutos)

Please reload