De volta à Gaiola das Loucas

21/6/2016

 

Em cartaz no teatro Ruth Escobar, em São Paulo, a versão da Companhia Instável de Teatro para o musical "A Gaiola das Loucas". Inspirada numa peça homônima de Jean Poiret, de 1973, sua versão musical estreou na Broadway dez anos depois, com libreto musicado por Jerry Hermann e texto adaptado por Harvey Feinstein. 


O enredo conta as peripécias de Georges e Albin, um casal homossexual, dono de uma boate gay de Saint-Tropez. Os dois vivem sua vida de casal feliz e apaixonado, dividindo a casa e os shows da boate, até o retorno de Jean, filho único de Georges. Jean, heterossexual, volta para casa para apresentar sua noiva, com quem vai se casar. O que move a história é o fato dos pais da noiva de Jean serem extremamente conservadores. Georges e Albin se vêm na situação de ter que esconder a realidade homoafetiva e cercada de drags em que vivem para satisfazer o filho do casal.


A Gaiola das Loucas estreia na Broadway em um momento difícil para homossexuais, durante o início do período de descobertas da AIDS, que vinha matando muitos gays, no início dos anos de 1980. A versão original concorreu a nove Tonys, vencendo seis, por Melhor Musical, Melhor Libreto, Melhor Música, Melhor Protagonista, para George Hearn, Melhor Direção e Melhor Figurino.


A história ganhou uma versão para as telonas, em 1996, refilmagem do filme homônimo francês, de 1978. No elenco cinematográfico, Robin Williams, como Georges (que no filme, leva o nome de Armand), Nathan Lane como Albin (rebatizado como Albert) e Gene Hackman como o conservador senador Kevin Keeley.


A peça, que tem números conhecidos como "I am what I am" e "La Cage Aux Folles", já teve montagens na Alemanha, na Colômbia, no México, na Espanha, em Portugal, na Coréia, Suécia e, no Brasil, uma versão de sucesso de Miguel Falabella, em 2010, ao mesmo tempo do Revival da Broadway. 


A versão da Companhia Instável de Teatro, em cartaz no Teatro Ruth Escobar, conta com um elenco de 23 atores, e tem direção geral de André Latorre, coreografias de Natã Queiroz. No elenco, Régis Schazzitt, como Zazá/Albin, Pedro Agusto, como Georges, Alessandro Frizen, como Jean Michel, Thiago de Caux e Sabrina Lee, como senhor e senhora Dindon, e André Lino, como o divertido mordomo Jacob. 


Gaiola das Loucas fica em curta temporada no Teatro Ruth Escobar, Rua dos Ingleses, 209, Bela Vista, às segundas, terças e quartas-feiras, sempre às 20h, com entrada franca.

 

 

Please reload