My Fair Giulia: a escolha que garante um musical "bão demais"

22/5/2016

E foi finalmente anunciada, na última semana, a atriz que viverá Eliza Doolittle na nova montagem do musical “My Fair Lady”, que estreia em São Paulo ainda esse ano no Teatro Santander. A escolha, ninguém mais, ninguém menos que: Giulia Nadruz, a atual cereja no bolo de “Cinderella” e o destaque de “Fame - O Musical”. Escolhida entre 600 candidatas, Giulia é a terceira atriz brasileira a assumir o papel de Eliza, depois de Bibi Ferreira e Amanda Acosta. A jovem iniciou sua carreira bem cedo, aos 5 anos de idade, participou de diversos cursos no Brasil e Estados Unidos, foi aluna de grandes nomes do teatro musical brasileiro e tem sempre como explicação para o sucesso: estudar.

 

A atriz, que já foi dirigida por diretores como Charles Möeller & Claudio Botelho (em Cinderella, Gypsy e Um Violinista no Telhado), Tadeu Aguiar (em Para Sempre Abba) e Diego Ramiro (em Shrek, trabalho que lhe rendeu uma indicação ao prêmio Bibi Ferreira de melhor atriz) agora terá seu talento lapidado por Jorge Takla, o responsável pelo sucesso da última montagem brasileira do musical que irá reassumir seu posto de diretor. 

 

 

No elenco, estão ainda Paulo Szot, que fará par romântico com Giulia; Sandro Christopher, como o pai de Eliza,; Eduardo Amir como o Coronel Hugh Pickering; e Frederico Reuter como Freddie Eynsford-Hill. Desde que foram anunciadas as audições, o público de musicais se mostra muito ansioso para se encantar mais uma vez com a humilde vendedora de flores e seu amor pelo culto professor de fonética.

 

Um elenco com nomes que soam como elogios, um diretor que dispensa apresentações e um teatro novinho em folha, “bão” ou não? Não se pode esperar menos do que um musical elegantíssimo!

 

 

 

 

Please reload