Especial Wicked: Traços e Rabiscos em Verde Esmeralda

8/4/2016

 

Em nosso último artigo do Especial Wicked compartilhamos com vocês uma coletânea de diversos covers das canções do musical composto por Stephen Schwartz. Seguindo a ideia, resolvemos trazer uma compilação de ilustrações do musical para vocês conhecerem.

Como já falamos anteriormente ‘Wicked’ é um musical baseado na obra original de L. Frank Baum, ‘O Mágico de Oz’ e por isso, pode ser considerada uma fanfic, desse clássico literário, ou seja uma história criada a partir do fã. O que apresentamos agora são as fanarts, ou seja representações dos faz por meio de ilustrações e montagens da história. Acreditem: dando uma olhada bem superficial no Google, DevianArt , Instagram, Pinterest e Behance podemos encontrar uma infinidade de ilustrações glindásticas do musical.

 

Algumas pessoas buscam inspiração nas próprias fotos do musical e fazem suas fanarts desenhando determinados artistas que já integraram o elenco do musical ao longo desses 13 anos. A usuária (tumblr) Miss Mirkwood fez essa lindo desenho de “For Good” com as atrizes Willemijn Verkaik (Elphaba) e Savannah Stevenson (Glinda). Verkaik foi também inspiração para Ilse Verbeek (Holanda) nessa ilustração que impressiona pelos detalhes e sombreados do lindo vestido do segundo ato. Já a ilustração de Dee Roscioli como Elphaba foi feita pela retratista Julia Rizz (EUA), que também fez essa ilustração de Kara Lindsay como Glinda

As fanarts são muito populares entre os fãs de anime e mangá e ilustrações de Wicked é o que não faltam. Essa arte de Elphaba com o Grimerrie foi fornecida pelo portal Zerochan.net que reúne centenas de ilustrações feitas por fãs de personagens japoneses. A imagem que contém Elphaba, Glinda e Fiyero ainda nos tempos de Shiz, foi feita pelo ilustrador Jordan (EUA) que é apaixonado por musicais e anime e gosta de misturar os dois mundos, seja por meio de suas ilustrações ou assistindo montagens realizadas no Japão. Já a imagem de “As Long as Your Mine” é assinada pela usuária ‘Moonchild In The Sky’ que tem outros trabalhos de Wicked em seu portifólio no DevianArt. Por fim, destacamos essa ilustração da artista plástica BL Koehler (EUA) que a fez como encomenda (commission) prática muito comum entre os admiradores de fanarts. Fica a dica pra quem quer ter uma ilustração mais específica.

Essa fanart da estudante de artes digitais Natalie Nardozza (Canadá) impressiona pelo resgate da estética steampunk que foi uma das inspirações da figurinista Susan Hilferty para criar o premiado figurino de ‘Wicked’. Já a aquarelista Kei Phillips fez uma versão das bruxas de Oz inspirada na estética das pinups.

Uma série de ilustrações que fez muito sucesso foram as que associavam o musical de Stephen Scwartz com o longa de animação da Disney Frozen. A ligação se deu primeiramente pelo fato de a dubladora original de Elsa ser a atriz Idina Menzel, que foi consagrada como Elphaba logo quando o musical estreou na Broadway. Somado a esse fato, os fãs ainda notam semelhança na saga de ambas personagens e por isso a associação foi feita tão logicamente, criando-se até a máxima “Let it Go & Defy Gravity”. Confira algumas dessas fanarts que celebram as duas personagens de Idina Menzel:

Além das associações com Frozen, outras “paródias” foram propostas. Em meio a uma série de referências criativas, destacamos os trabalhos que juntam o mundo esmeralda com Glee (Daniel Kordek, Polônia) , os irmãos deuses nórdicos Thor e Lóki da Marvel Comics (por Velvet Toucher , Japão) e esse incrível pôster de “Procurado” inspirado em “Harry Potter e O Prisioneiro de Azkaban” (Dave Perillo, EUA).

Outro trabalho interessante é do ilustrador filipino James Claridades. Muito frequentemente, o artista divulga ilustrações de personagens dos grandes musicais da Broadway e com ‘Wicked’ não poderia ser diferente: o artista criou uma série de ilustrações das personagens do musical. Apaixonado pelo musical, Claridades foi além de mostrar sua versão das personagens centrais da trama e desenhou cada um dos muitos Ozianos que compõem o ensemble durante as cenas de “One Short Day” e “Thank Goodness” sendo bem atento aos detalhes do figurino e cabelo. O trabalho do artista ganhou o carinho do elenco da produção brasileira que sempre está compartilhando alguma de suas artes.

O trabalho de Claridades se estende por outras incríveis ilustrações que retratam diversas cenas do musical como a dança de Elphie e Galinda durante o ‘Ozdust Ball Room’; um momento de bullying dos colegas de Shiz com Nessarose, o anúncio do noivado de Glinda e Fiyero/”Thank Goodness” e por aí vai. Você pode conferir as ilustrações do filipino no Instagram @squeegool e ainda por cima, conhecer a linha de produtos (como capinhas de celular, almofadas e bolsas) estampados com suas ilustrações em society6.com/squeegool

Assim como as ilustrações de Claridades, o artista Mynkyu Lee também buscou inspiração nos personagens Disney para fazer sua versão dos personagens do musical de Stephen Schwartz. Mais do que inspiração, as ilustrações de Lee partiram justamente da pergunta “e se os personagens de Wicked fossem da Disney?”, afinal o ilustrador de fato era um dos animadores do estúdio tendo trabalhado como estagiário de animação em ‘A Princesa e o Sapo’ e ‘Frozen’. O trabalho ganhou tanto destaque ao ponto de ter-se espalhado o boato de que a famosa produtora estaria com os direitos de produzir uma animação do musical da Broadway. Tanto rebuliço não passou de um grande desentendimento, afinal a Universal Pictures tem os direitos do musical, sendo uma das co-produtoras da montagem que está em cartaz na Broadway desde 2003.

E se os desenhos de Lee já levantaram os ânimos dos Wickers, imagine então o frenesi causado por um storyboard  vídeo-animado com a icônica cena de “Defying Gravity”. A animadora dos estúdios Disney Heidi Jo Gilbert foi a responsável por uma das fanarts mais incríveis do musical: Após anos trabalhando como animadora, Heidi havia abandonado a profissão alegando estar desmotivada, no entanto, foi tomada por um ímpeto de coragem inspirada pela história de vida do jogador da NFL Tom Brady e resolveu então fazer seu primeiro esboço de algo que sempre sonhou em ver sendo animado. No vídeo, Heidi desenhou e dirigiu toda a narrativa descrita no momento clímax da canção e então subiu o vídeo na internet esperando que o vídeo rendesse algum resultado, que chamasse atenção dos grandes estúdios e por meses não obteve nenhum retorno até que grandes veículos com Entertainment Today e o site Broadway.com começaram a divulgar e storyboard da cena de Elphaba voando sobre os guardas de Oz viralizou. O vídeo não rendeu à animadora os direitos de adaptação e direção de ‘Wicked’ em desenho animado, mas a notoriedade do vídeo proporcionou que Heidi conseguisse um emprego junto à Dreamworks e a oportunidade de trabalhar junto da equipe criativa do musical que tanto ama em outro projeto.

Além de Heidi, outros animadores também fizeram suas versões em desenho animado para a história de Elphaba e Glinda, como estas selecionadas abaixo:

“Defying Gravity” por Stephanie Ressler (estúdio EtherStar)

“No Good Deed” por Meg B

“Popular” por Bev Johnson

 

 

Please reload