A Difusão do Teatro Musical por Suellen Ogando

10/9/2015

​​​

Nascida e criada em Belo Horizonte, Suellen Ogando é atriz e jornalista que sempre foi apaixonada pelos musicais. Recentemente em destaque pela suas apresentações no programa “Máquina da Fama” no SBT, a artista tem levantado bandeira pela difusão de uma cultura de Teatro Musical no Brasil: mais do que ser artista de Teatro Musical, ou público que assiste, Suellen ressalta a importância de conhecer sobre a história dos Musicais, e torna-los mais democráticos.

 

Como atriz Suellen já tem atuado no cenário do Teatro Musical mineiro: esteve nos musicais “Pluft, O Fantasminha”, “Branca de Neve e os Sete Anões – 3D” (em que foi indicada como Melhor Atriz Coadjuvante no premio SINPARC) e “O Rei Careca” (em que também foi compositora). Seu grande papel de destaque foi como a vilã Úrsula no musical “A Pequena Sereia” e como a Enfermeira em "Colados - Uma Comédia Musical Diferente", franquia nacional do musical espanhol "Pegados". Além de sua presença nos palcos, Suellen também é pesquisadora em Teatro Musical, já lecionando a disciplina em escola especializadas na capital e em seu Workshop sobre a História do Teatro Musical.

 

Suellen insiste e acredita na difusão do Teatro Musical fora do eixo Rio-SP, e sobre esse pretexto tem atuado como produtora de vários Workshops que visam trazer capacitação dos artistas mineiros. “Trazer esses cursos para Belo Horizonte vem para facilitar o acesso aos artistas locais de técnicas, estudos e formação na área dos musicais ”, afirma a artista que promoveu a edição do Teen Broadway BH (com Maiza Tempesta); Master Class Internacional com Brie Cassil (NY) ; quatro edições do Workshop com Reiner Tenente/CEFTEM, e agora, prepara-se para o Workshop de Técnica Vocal e Cênica com Marcello Boffat nesse final de semana na capital mineira.

 

O contato com Marcello Boffat veio das suas participações no programa Máquina da Fama, atração comandada por Patrícia Abravanel no SBT, onde Boffat é preparador vocal. Suellen foi ao programa três vezes e sempre foi premiada. Logo na primeira temporada do programa, no ano passado, Suellen já deixou sua marca de participação no programa. Como cover de Catherine Zeta Jones, a atriz fez uma performance do icônico número de abertura do musical Chicago, “All That Jazz”. A apresentação fez tanto sucesso que rendeu a maior pontuação que um dos calouros do programa já tinha atingido até o momento, e com isso, a artista faturou o 1o lugar. O sucesso fez com que Suellen retornasse ainda nessa temporada, dessa vez trazendo um número de Teatro Musical, apresentando junto com a atriz carioca Édria Piaf o número “As Cantoras do Rádio” do filme “Alô Alô Carnaval” estrelado por Carmem e Aurora Miranda, fazendo menção ao Teatro de Revista Brasileiro.

Suellen e o Vocal Coach Marcello Boffat

 

Na segunda temporada, nesse ano de 2015, Suellen se apresentou como Mary Poppins, cantando o divertido número “Supercalifragilisticexpialidocious". Sempre com números nada convencionais, a artista conta que viu no programa uma oportunidade de apresentar ao público um pouco da cultura dos musicais. “A maioria dos números do Máquina são de divas do Pop ou sertanejos, o programa já tem grande popularidade, então nada mais lógico do que apresentar a essa grande audiência um pouco do Teatro Musical, sempre ressaltando o quanto o Brasil tem se destacado nesse cenário”, conta a atriz agradecida a produção pela oportunidade de democratizar os musicais.

 

Sonhadora, Suellen tem ainda grandes projetos de carreira, visando sua presença nos palcos, estando sempre de olhos nas audições dos grandes musicais, mas sem deixar seu lado como pesquisadora para trás. Para a artista, o atual contexto das produções musicais no Brasil precisa ter mais espaço na mídia convencional, para além das mídias especializadas, lembrando que quanto mais profissionais ficamos nas produções, mais os artistas precisam estar munidos desse conhecimento sobre a história e a arte de fazer musicas “amo os musicais desde muito pequena, poder falar sobre eles me enche de alegria e, ter a oportunidade de leva-los a TV ou qualquer outra mídia, compartilhando um pouco desse universo maravilhoso, é uma satisfação sem tamanho”, acrescenta Suellen.

Please reload