Especial Tony Awards 2015: Eis os Vencedores

Dia 7 de Junho de 2015 ficou marcado como um dia importante para muitos dos presentes na cerimônia do 69o Tony Awards, honraria máxima do teatro americano, organizado pela American Theatre Wing. Sediada mais uma vez no Radio City Music Hall, a noite foi marcada por performances emocionantes, convidados ilustres e momentos inesquecíveis.

Apresentada pela dupla Alan Cumming e Kristin Chenoweth, a cerimônia foi conduzida de maneira bem irreverente, cativando a plateia e o público que acompanhava a transmissão pela TV, ou pelo streaming como foi caso de muitos brasileiros. Bem conectados entre si, os apresentadores trouxeram momentos divertidos com paródias, muitas trocas de roupa e até mesmo Chenoweth fantasiada de ET ou saindo de dentro do vestido de Cumming em sátira ao musical "The King and I". Os apresentadores fizeram juntos o número de abertura e uma homenagem a Tommy Tune, que ganhou o Tony por seu legado à comunidade teatral, o chamado 'Lifetime Achievment Award '.

 

Além de dupla de co-apresentadores, outras celebridades anunciaram categorias e/ou números durante a noite, dentre os quais tivemos Debra Messing, Bradley Cooper, Bernadete Peters, Neil Patrick Harris, Jim Parsons, Sting, Amanda Seyfried e algumas "sacadas" estratégicas como Ashley Tisdale abrindo caminho para a performance da amiga, e companheira de High School Musical, Vanessa Hudgens junto ao elenco de "Gigi"; ou então Jennifer Nettles, anunciando a performance de "The Visit", musical composto pela mesma dupla de "Chicago", que Nettles protagonizou no início desse ano; sem esquecer ainda de Nick Jonas, Jennifer Lopez e Kiesza anunciando a performance de "Finding Neverland", lembrando que os três cantores fizeram parte do álbum de estúdio do musical.

Entre as performances musicais da noite, "Something Rotten!", "The King And I", "On The Town", "Fun Home", "An American in Paris", "On The Twentieth Century" e "It Shoulda Been You" também se apresentaram, com cenas de seus espetáculos ou ainda um medley. Foram ainda apresentadas em vídeo as melhores cenas das Peças em cartaz, além de um compilado mostrando atores conhecidos do público pelo seu trabalho na TV e/ou cinema e que estiveram em cartaz durante a temporada 2014/2015. Como de costume, foi feita uma homenagem in memorian a artistas que vieram a falecer recentemente: os nomes de Geoffrey Holder, Elaine Stritch, Joan Rivers, James Garner, Mike Nichols, Leonard Nimoy e Robin Willians foram lembrados durante um comovente número comandado por Josh Gobran, que cantou "You'll Never Walk Alone" junto do elenco dos musicais ali representados, totalizando 175 artistas em um único número musical no Tonys.

 

Dentre os premiados, "Fun Home" liderou na grande categoria dos musicais levando 5 estatuetas, incluindo 'Melhor Musical'. O musical de Jeanine Tesori e Lisa Kron recebeu 12 indicações, mesmo número que "An Amercian In Paris", que faturou 4 prêmios. 'The King and I' foi eleito a melhor remontagem da temporada e ganhou 4 dos 9 prêmios a que concorria, incluindo o de 'Melhor Atriz Principal em Musical' para Keli O'Hara, que foi muito aplaudida e emocionada recebeu seu primeiro Tony, após ter recebido outras cinco indicações em edições anteriores. Na grande categoria das Straight Plays, " The Curious Incident of the Dog in the Night-Time" ganhou 5 estatuetas, incluindo a de 'Melhor Peça', já o prêmio de melhor remontagem foi dado a "Skylight".

Os discursos dos artistas foi um show a parte: Sinceros e com repletos de gratidão, pudemos ser impressionados pelos artistas desempenhando o papel deles mesmos, sem personagem algum, destaque para os estreantes Alex Sharp (Melhor Ator em Peça- The Curious Incident of the Dog in the Night-Time) e Ruth Ann Millies (Melhor Atriz Coadjuvante em Musical - The King And I), sem deixar de mencionar Christian Borle (Melhor Ator Coadjuvante em Musical - Something Rotten!), Marianne Elliott (Melhor Direção de uma Peça The Curious Incident of the Dog in the Night-Time) e Michael Cervis (Melhor Ator Protagonista em Musical - Fun Home) que conquistaram, cada um deles, seu segundo Tony Award nessa noite. Logo abaixo você confere a lista dos vencedoras nas 24 categorias.

John Cameron Mitchel recebendo seu prêmio especial.
 

Vale lembrar das categorias não competitivas da premiação. Além da estatueta conquistada por Tommy Tune, foi entregue o prêmio Isabelle Stevenson, destinado a membros da comunidade artística e teatral que tem contribuído para a difusão do artes e demonstrado comprometimento com causas humanitárias à Stephen Schwartz, compositor de “Wicked”, “Godspell” e “Pippin”. Já John Cameron Mitchell, co-criador de “Hedwig and the Angry Inch” recebeu um Tony especial por sua atuação nesse musical. O prêmio de destaque dedicado às companhias nacionais de teatro foi indicado à Cleveland Play House, do estado de Ohio e; Arnold Abramson (cenógrafo), Adrian Bryan-Brown (agente de imprensa) e Gene O' Donovan (fundador do Hudson Scenic Studio) recebem o prêmio em honraria por Excelência Teatral. Esse ano ainda marcou o primeiro ano prêmio de 'Excelência em Educação Teatral', apresentado pelo Carniege Melon University, e entregue a Corey Mitchell professor de Artes Cênicas na Northwest School of the Arts.

 

O número de encerramento ficou por conta do elenco do musical "Jersey Boys" em função do décimo aniversário do musical nos palcos da Broadway : sob performance de "December, 1963 (Oh What A Night)" o elenco se juntou aos demais elencos que se apresentaram durante a cerimônia em um lindo tributo a Franki Valli & The Four Seasons, empolgando a plateia e fechando a grandiosa noite com chave de ouro. Aos vencedores da noite, nossas sinceras congratulações, já esperamos ansiosamente pelos espetáculos que irão compor a temporada 2015/2016 e concorrerem à 70a edição do prestigiado prêmio.

 

OS VENCEDORES 

Melhor Peça
The Curious Incident of the Dog in the Night-Time, de Simon Stephens

 

Melhor Musical 
Fun Home

 

Melhor Revival de Peça 
Skylight

 

Melhor Revival de Musical 
The King and I

 

Melhor Performance de Ator Principal em Peça
Alex Sharp – The Curious Incident of Dog in the Night-Time

 

Melhor Performance de Ator Principal em Musical 
Michael Cerveris - Fun Home

 

Melhor Performance de Atriz Principal em Peça 
Helen Mirren - The Audience

 

Melhor Performance de Atriz Principal em Musical 
Kelli O’Hara - The King and I

 

Melhor Performance de Ator Coadjuvante em Peça 
Richard McCabe - The Audience

 

Melhor Performance de Ator Coadjuvante em Musical
Christian Borle - Something Rotten!

 

Melhor Performance de Atriz Coadjuvante em Peça 
Annaleigh Ashford - You Can’t Take It With You

 

Melhor Performance de Atriz Coadjuvante em Musical
Ruthie Ann Miles - The King and I

 

Melhor Libreto de Musical 
Lisa Kron - Fun Home

 

Melhor Score (Trilha Sonora) Original 
Jeanine Tesori and Lisa Kron - Fun Home

 

Melhor Design de Figurino para Peça 
Christopher Oram - Wolf Hall Parts One & Two

 

Melhor Design de Figurino para Musical
Catherine Zuber - The King and I

 

Melhor Design de Cenário para Peça
Bunny Christie & Finn Ross - The Curious Incident of the Dog in the Night-Time

 

Melhor Design de Cenário para Musical 
Bob Crowley and 59 Productions - An American in Paris

 

Melhor Design de Luz para Peça
Paule Constable - The Curious Incident of the Dog in the Night-Time

 

Melhor Design de Luz para Musical 
Natasha Katz - An American in Paris

 

Melhor Direção para Peça
Marianne Elliott - The Curious Incident of the Dog in the Night-Time

 

Melhor Direção para Musical 
Sam Gold - Fun Home

 

Melhor Coreografia
Christopher Wheeldon - An American in Paris

 

Melhor Orquestração 
Christopher Austin, Don Sebesky and Bill Elliott - An American in Paris

Please reload