LOGO_Backstage_Musical_NOVO2020_Crachá.

O Sexo e as Nêga: mais uma comédia com ar de musical de Miguel Falabella na Rede Globo


Agora Miguel Falabella trabalha em dose dupla na Globo, além de “Pé na Cova” Miguel agora escreve “O Sexo e as Nêga”, uma espécie de “Sex and the City” brasileiro.

“São quatro nêgas da Cidade Alta, em Cordovil, vivendo os mesmos problemas das mulheres nova-iorquinas: homem, cabelo, sapatos demais, cartão de crédito estourado. Está na hora de falar um pouco sobre a população negra sem focar na coisa do pobre. É pobre, é favelada, mas mulher é mulher em qualquer lugar e classe social.”, contou Miguel para o site do jornal O Globo.

E as atrizes protagonistas não só já estão escolhidas como são queridas conhecidas do Teatro Musical: Lilian Valeska, Maria Bia Martins, Karina Hils e Corina Sabbas.

“Sexo e as Nêga” será uma sátira a série americana “Sex and the City”, mostrando o cotidiano, com muito humor, de quatro negras brasileiras, de classe média baixa e que moram numa favela.

A série já tem gravações confirmadas na favela de Cordovil, no Rio de Janeiro. O lugar serviu de cenário para o filme “Cidade de Deus” em 2002.

Claudia Jimenez também já está confirmada no elenco e contracenará com as quatro cantrizes: Maria Bia (No Quarto Ao Lado/Hairspray), viverá uma operária, Lilian Valeska (Tim Maia/Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos), será uma cozinheira, Corina Sabbas (Hairspray/Fame) dará vida a uma costureira, e Karin Hills (Alô, Dolly!/Hair), que mantém a parceira na TV e deixa o papel de vendedora de cachorro-quente no Irajá, para viver uma camareira no Cordovil.

As meninas trabaralhadoras e cheias de ambição terão de lidar com suas dificuldades e relacionamentos, ao mesmo tempo em que sonham em mudar de vida e fazer sucesso juntas, como um grupo de cantoras.

A estreia da série está prevista para setembro deste ano.

Backstage Musical © 2017 - Todos os direitos reservados.