Confirmado: “The Man Of La Mancha” vem a São Paulo!

Na noite de hoje, 24 de março de 2014, o SESI-SP e a FIESP promoveram uma aula show comandada pelo ator e diretor Miguel Fallabella que nos apresentou a primeira turma do curso de Formação de Atores em Teatro Musical. No mesmo palco, homenageando o legado do teatro musical brasileiro presente muitos atores que marcaram nossa história, estiveram presente cantando e celebrando o nosso futuro. Esta grande noite, marca uma nova conquista que estará para sempre em nossa história.

 

Aproveitando a ocasião, o Sesi juntamente com o ATELIER DA CULTURA anunciou o novo musical para 2015. Com versão e direção de Miguel, o musical “The Man Of La Mancha “.

 

Inspirado no livro “Don Quixote”, com músicas de Mitch Leigh e Joe Darin, conta-se a história de Miguel de Cervante que durante a inquisição na Espanha é preso como herege, por propagar pensamentos subversivos. Ele é jogado em um calabouço, ocupado também por ladrões e assassinos, e é “julgado” pelos prisioneiros. Para se defender Cervantes conta a história de um homem idoso, que passa os dias e as noites lendo e só consegue ver a injustiça e a trapaça triunfarem. Ele se torna um cavaleiro errante, conhecido como Don Quixote de la Mancha, que decide lutar contra as injustiças do mundo. Durante o “julgamento” Cervantes se transforma em Don Quixote, para poder fazer a sua defesa.

 

O musical estreou na Broadway em 1965 e já teve 4 montagens revival na cidade da Big Apple. Conquistou o público, o mundo e na montagem original, ganhou 5 Tony Awards, incluindo de melhor Musical.

 

Em 1972 houve uma versão brasileira com direção de Flávio Rangel, adaptação de Paulo Pontes e um elenco contendo grande feras como: Paulo Autran , Bibi Ferreira e Grande Otelo nos papéis de Dom Quixote, Dulcinéia e Sancho Pança, respectivamente. Chico Buarque foi responsável pelas versões, junto com Ruy Guerra, onde criaram uma própria poética em cima da obra original, respeitando o sentido que a peça exige.

 

UM SONHO IMPOSSÍVEL POR PAULO AUTRAN:

O musical estreou em 15 de agosto de 1972 no Teatro Municipal de Santo André e seguiu para o Teatro Anchieta (em São Paulo), o Teatro Adolpho Cloch e encerrou com temporada popular em março de 1974 no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro.

 

Sonho Impossível (versão de Impossible Quest) se tornou um clássico no mundo todo. Muitos artistas brasileiros gravaram a versão de Chico, porém a mais famosa é de Maria Bethânia, muito conhecida pela sua interpretação.

Após diversos anos dedicados a fomentar e difundir manifestações artísticas em diversas linguagens, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida da comunidade o SESI e a FIESP apresentam mais um projeto que irá acrescentar muito na cultura do cidadão brasileiro mas como para a história do teatro musical brasileiro. O sucesso de “A Madrinha Embriagada” e o Projeto Educacional em Teatro Musical são importante para a formação de novos atores, de plateia e de acessibilidade, principalmente quando se trata de um país tão desigual.

 

Please reload