Love Never Dies: O Sucesso Continua

6/5/2013

Em 2010 estreava em Londres mais um musical de Andrew Lloyd Webber: Love Never Dies. A sequencia de The Phantom of The Opera foi baseada no livro de Frederick Forsyth, The Phantom of Manhattan. A história se passa em Coney Island, dez anos depois dos acontecimentos da Ópera de Paris, quando Christine, já casada com Raoul e com um filho de dez anos, vai para Nova York cantar para o misterioso Mr.Y.

 

A produção londrina teve no elenco Ramin Karimloo como Phantom, Sierra Boggess como Christine (que mais tarde fizeram os mesmos papeis na apresentação de 25 anos do Fantasma da Ópera), Joseph Millson como Raoul e Summer Strallen como Meg Giry.

 Logo original da montagem londrina.

 

A montagem londrina em si tem uma grandiosidade, não é simples em nenhum momento, mas o cenário, mesmo com toda essa grandiosidade, acaba deixando em grande parte das cenas um vazio no palco. Acredito que onde o musical perdeu toda a magia de Phantom foi no cenário, nos faz falta aquele ambiente da ópera de Paris, estilo clássico, e as velas espelhadas por todos os lados. Colocar a Christine de cabelo preso em todas as cenas descaracteriza totalmente a personagem que no Fantasma da Ópera era conhecida por seu cabelo castanho cacheado.

A produção original se inicia com uma discussão entre Fleck, uma das empregadas do Fantasma, com a Madame Giry, onde Fleck acusa a madame de ser a culpada por todos os acontecimentos que acontecem ao longo do musical. Logo depois dessa cena, é apresentado o local onde se passa Love Never Dies, com a musica “Heaven By The Sea”, e só bem mais tarde, entra Erik cantando “Til I Hear You Sing”. A Christine chega em Manhattan já com um contrato com Mr.Y, sem saber que na verdade é o Fantasma. Essa estrutura foi com o tempo mudada, como todos os musicais, ele passou por um processo de adaptação, trocando cenas que acabaram não funcionando por outras.

Estreou em 2011 a produção australiana de Love Never Dies. No elenco estavam Anna O’Byrne no papel de Christine, Ben Lewis como Phantom, Simon Gleeson como Raoul e Sharon Millerchip fazendo Meg Giry. Essa produção foi filmada e em 2012 lançada em DVD, o que faz dela a montagem mais famosa do musical.

 

Os cenários e figurinos dessa produção tem caracteristicas bem proprias, baseados em apenas cinco cores: preto, branco e as três primarias: um azul bem escuro, meio puxado para o cinza, usado pricipalmente na iluminação, cor predominante mas cenas em que o Fantasma aparece, um vermelho bem vivo, para dar bastante destaque, e um amarelo proximo do dourado, usado bastante em detalhes. Quando o Raoul entra em cena, ele utiliza uma roupa marrom, dando um contraste com esse mundo, nas cenas em que ele aparece predomina tons entre amarelo e marrom. É sempre mantido um estilo circo e ao mesmo tempo algo mais assustador, utilizando muitas formas geométricas.

A estrutura dessa produção foi a oficial, já com as alterações da montagem londrina: o musical começa pelo Prologue, que na versão original é a “The Aerie”, seguido de “Til I Haer You Sing”, depois dessa cena é apresentado o local onde o musical se passa na musica “The Coney Island Waltz”. Christine chega em Manhattan para cantar para Hammerstein, Erik a reencontra e tenta fazer um novo contrato com ela, oferecendo uma quantia bem maior por uma unica apresentação.

Em outubro de 2012, estreou uma nova produção na Dinamarca. Essa foi a primeira montagem em que tiveram que adaptar o musical para outra língua, e quem fez isso foi Karen Hoffmann. O musical teve direção de Daniel Bohr, e no elenco estava Bo Kristian Jensen e Tomas Ambt Kofod alternando o papel de Fantasma, Louise Fribo como Christine, Christian Berg fezendo Raoul e Camille-Cathrine Rommedahl no papel de Meg Giry. O elenco é incrível, mas acredito que faltou um pouco de noções matemáticas, ou talvez os dez anos foram longos demais.

O musical tem cenários de Paul Farnsworth, e iluminação de Jason Taylor. Os cenários e figurinos têm como característica principal um estilo oriental, mas sempre mantendo o estilo circo, usando principalmente as cores: rosa, azul e dourado, usando tons bem claros ou bem escuros das três cores.

 

 

Please reload